Antimatéria – 2, de Álvaro Pacheco

eu e antieu
em cargas compostas
para o aniquilamento

em choque sem compensar-se
em uma zona remota
dos euniversos, eu
e antieu, conflito
de antipartículas
constantes e partículas
móveis: amor, alegria, sonho
e a antimatéria: solidão
energias em crise propagando-se
eu e antieu integrados
nas horas leves, aniquilando-se
nas emoções e antiemoções
na desintegração final, morte
para integrar-se

nos universos, anti.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas