Piauiense vence concurso literário e tem conto selecionado para livro

Obra conta com autores nacionais e internacionais. Editora realiza financiamento coletivo para que livro tenha uma versão física.

 

 

O revisor de textos, redator e escritor da Geleia Total, de Buriti dos Montes (PI), Paulo Narley, foi um dos vencedores do concurso literário “Somos”, promovido pela Psiu Editora, que reúne contos de autores nacionais e internacionais. “É muito gratificante ter essa história aprovada em um projeto tão bonito e cheio de pessoas talentosas, como é a Antologia Somos. Especialmente, por se tratar de uma obra que busca trazer diversidade e representatividade, que é o que eu sempre busco fazer em meus escritos”, afirma o autor.

 

“Meu conto se chama Planos Impossíveis (sim, uma referência à Manu Gavassi <3). Nele, somos apresentados a Matheus, um rapaz de 20 anos, tímido, amante de clichês adolescentes demais para a sua idade e que nutre uma paixão platônica por seu melhor amigo, Bruno”, comenta.

 

De acordo com Ednan Gomes, organizador da Antologia Somos, a intenção da obra é trazer diversidade. “Os contos foram selecionados por sua qualidade, mas também pela diversidade de temas que cada autor propôs. Além de trazer visibilidade para uma comunidade LGBTQIA+, Somos não é apenas um livro é um grito contra o preconceito que pretende colocar no mercado edital brasileiro novos e talentosos autores”, explica.

Além da Somos, Paulo Narley possui participação em diversos outros projetos antológicos, como: Plurais (publicada pela Editora Se Liga e que reúne histórias protagonizadas por PCD’s), Conteúdo Impróprio (reunião de contos distópicos baseados nos eventos ocorridos na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, em 2019, publicada pela Editora Sinna e que se encontra em pré-venda), Entre Drinks, Músicas e Amor (publicada pela Editora Ruppell), O amor está nas nuvens (reunião de contos narrados pelo cupido e publicada pela Editora Ruppell), Flashes: amor em curta-metragem (pela Editora Rouxinol e com publicação prevista ainda para este ano). É também organizador de duas antologias independentes: Você não está sozinho (organizada junto com Cássio Cipriano, obra que traz reflexões de outros quatro escritores a respeito da pandemia da COVID-19) e Pele (organizada junto com Alisson Carvalho e a Geleia Total, traz escritos de pessoas LGBTQIA+ do Piauí).

No ano de 2019, o autor publicou seu primeiro livro solo, pela Editora Viseu, intitulado “Tudo o que eu colori no céu da sua boca”.

FINANCIAMENTO COLETIVO

Para que haja uma versão impressa do livro “Somos”, a Psiu Editora, em parceria com os autores, está realizando um financiamento coletivo, também conhecido como vaquinha virtual, com valores a partir de R$ 15.

“É muito importante o apoio do público para que o livro saia em versão física e possa chegar a mais pessoas, assim, mais leitores poderão se sentir representados em nossas histórias. Estamos em um momento complicado financeiramente para muitas pessoas, então, o apoio pode se dar não somente com a contribuição financeira, mas também no ato de compartilhar o link com amigos, familiares e etc.”, explica o autor.

O financiamento coletivo pode receber apoios até o dia 20 de setembro de 2020. Para saber mais sobre, segue o link:

https://www.catarse.me/somoslgbt

 

O autor e a editora podem ser encontrados nas seguintes redes sociais:

  • @narleypaulo (Twitter e Instagram)
  • @psiueditora (Instagram)

 

Total
7
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas