Lado C, de Rosseane Ribeiro

Tem a parte dos meus assombros
Às vezes, à noite, eles ficam rondando minha memória
e, assustadoramente, permitem que eu me perca dentro de mim

E tem também as minhas partes menos humana
Os cacos, as partes cortadas que parecem uma fotografia rasgada e que
juntando as peças, em nada dá

Há as milhares de coisas que eu não consigo entender,
e a parte má,
que não posso controlar nem perder

Tem meus vícios, meus precipícios
Onde não admito que ninguém mais caia
E nem me dê a mão

Rosseane Ribeiro

Livro:
“Tudo o que eu queria te dizer”

Total
165
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas