Estiagem  no  poema, Luiz Filho de Oliveira

o  sol  traga

a  vinha  alma  do  poeta

que  espera

versiflorem

sulcos  as  brancaragens

destas páginas

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas