Teresina, por Barripi

Foi na Chapada do Corisco à beira
Do Parnaíba, rio principal,
Que teve início a obra sobranceira
De fundação da nova capital.

Onde hoje é a Praça da Bandeira,
Saraiva, conselheiro imperial,
Chamou a nova urbe brasileira
De Teresina, um nome original.

Coelho Neto quando visitou-a
Extasiado com o verdor, chamou-a
“Cidade Verde”, carinhosamente

E o Cineas, de boa vontade,
Compôs seu hino com a finalidade
De conservá-la viva eternamente.

Em comemoração do mês de aniversário da capital piauiense resolvemos mostrar alguns lugares de Teresina no olhar de alguns dos nossos fotógrafos e poetas.
Hoje vocês apreciarão a foto de Caio Negreiros e a poesia de Barripi (José Ribamar de Pinho Barros).

Nos conte sobre os lugares que você mais gosta em Teresina.
Fonte da poesia: Teresina: um olhar poético

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas