O canto que vem da alma de Luiza Miranda

A cantora Luiza Miranda é natural de Teresina e é integrante do grupo Ensaio Vocal, de Teresina. Há mais de 25 anos atuando no cenário musical piauiense, a cantora, que já cantou em barzinhos, integrou um dos grupos tradicionais de coral do Piauí, o “Madrigal Vox Populli”. Fez um solo com o show “Bolero e Canções”, “Escancaradamente Bolero”, entre outros. A cantora, dona de uma voz marcante e de uma versatilidade invejável, transita pelos mais variados estilos, sem preconceitos. Além disso, Luíza Miranda é formada em Licenciatura em Geografia, mas enveredou mesmo foi pela área das artes, dedicando longos anos da sua vida ao estudo da música e do canto. Dona de um cuidado e responsabilidade com a música, Luiza Miranda não mede esforços para dar o seu melhor em todas as suas apresentações. Atualmente, a cantora também é professora de canto na Escola de Teatro Gomes Campos. “Cantar nada mais é do que compartilhar aquilo que você acredita. Quando estou no palco, eu acredito naquilo que faço”, pontua Luiza Miranda.

“Cantar nada mais é do que compartilhar aquilo que você acredita, quando estou no palco eu acredito naquilo que faço.” Luiza Miranda

Nome Completo: Luiza Miranda

Descrição: cantora

Data de Nascimento: 23/11

Local de Nascimento: Teresina-PI

Perfil escrito pela Geleia Total
Escrito por:
 Alisson Carvalho
Revisado por: Paulo Narley

 

O pé de umbu

A teresinense Luiza Miranda, nascida pelas mãos de parteira na mesma casa em que foi criada, cresceu atravessada pela diversidade musical. Luiza é filha da cantora Diquinha Paixão e do músico violonista, fotógrafo e ex-vereador Totó Barbosa. Com tantas referências, não é por menos que Luiza e os sete irmãos cresceram escutando muita música e foram marcados por essas experiências. Além disso, a música sempre foi motivo de festa, já que família recebia os grandes cantores da época nas recorrentes reuniões com os colegas dos seus pais, por isso, ela brinca: “A nossa música de ninar era Bossa Nova”. A cantora foi socializada no meio das artes e as suas primeiras experiências com a música foram essenciais para definir alguns dos gostos que só se solidificaram com o passar dos anos. Na residência dos pais, debaixo do pé de umbu, a cantora aprendeu a gostar de música, foi seguindo um caminho musical e, sem se dar conta, deixou que a música preenchesse todo o seu ser. Cresceu lendo sobre os grandes cantores, escutando vinil, programas das rádios e sem nenhum preconceito foi cativada pelos mais variados estilos musicais.

Soltando a voz

A primeira apresentação de Luiza Miranda como cantora aconteceu ainda criança, quando o pai levou seus filhos para a rádio. Posteriormente, aos dezenove anos de idade, a amante de música passou a estudar música, depois que a sua irmã começou a estudar flauta na Escola de Música. Luiza conta que já acompanhava o trabalho do Grupo Candeia e que conhecia o maestro Aurélio Melo, dos palcos. De tanto assistir às apresentações, ela começou a admirar o trabalho do maestro e de Paulo Aquino e, então, quis ser aluna dos dois. Luíza Miranda estudou violão para ingressar no coral. A vivência no coral trouxe grandes amigos e parceiros que permaneceram, mesmo com o passar dos anos. “Os amigos que eu tenho hoje são os amigos da música e a gente se acompanha, pois estamos juntos desde esse tempo”, relembra Luiza Miranda. A cantora cursou Licenciatura em Geografia. Cursou um Técnico em Música, na Escola de Música. Depois, começou o curso superior em Música, na Universidade Federal do Piauí. Nessa mesma época, foi convidada para fazer parte do Grupo Ensaio Vocal, cuja parceria dura até hoje.

Conquistando os palcos

Luiza Miranda rememora sobre a criação do Grupo Ensaio Vocal, no qual começou participando de uma cantata religiosa antes da sua estreia. O grupo passou por uma preparação de dois anos até estrear o primeiro show. Luiza Miranda já fazia apresentações, em grupo ou sozinha, em eventos, como casamentos. No palco mesmo, ela só foi se apresentar sozinha no Theatro 4 de Setembro, mesmo contra a sua vontade. Aquele foi o empurrão que ela precisava para cantar e encantar o público sozinha, coisa que ela já fazia em grupo. E dali Luiza não mais recuou, foi cada vez mais explorando a sua voz nos palcos, com ou sem outras vozes acompanhando-a. O primeiro show da cantora aconteceu no projeto Geraldo Brito Convida, no espaço “Nunca fomos tão felizes”. Além disso, ela participou de festivais cantando ou fazendo vocal. Essas experiências de palco marcaram o início da sua carreira na música.

 

“A música sempre esteve presente na minha vida, ela é o meu dia a dia se tornou parte de mim.” Luiza Miranda

O que preenche a canção

“A música sempre esteve presente na minha vida, ela é o meu dia a dia, se tornou parte de mim”, diz Luiza Miranda. Embora Luiza Miranda seja cantora, ela já musicou o poema “Campeador”, da escritora Graça Vilhena, feito para homenagear o escritor Cineas Santos. A experiência despertou a atenção dos colegas e agradou ao público. Apesar de tantos anos de dedicação aos palcos, a empolgação continua a mesma, ou até maior, em relação às primeiras apresentações. “Hoje, o palco, para mim, é a minha casa”, pontua Luiza Miranda. A cantora conta que herdou um pouco dos trejeitos dos pais quando está se apresentando, afinal, ela cresceu vendo-os cantar no quintal, debaixo do pé de umbu. E o que alimenta a graça e energia cantando, além de inspirar, é a incerteza de se apresentar para um público que pode reagir das formas mais variadas possíveis, tornando cada apresentação única. Por isso, um cantor precisa estar muito concentrado e, como em uma peça teatral, preparado para tudo. Cantar é iluminar outras almas e se emocionar, percebendo o quanto a música tocou outros corações.

A voz que acolhe

As referências de Luiza Miranda foram construídas desde a infância, ela cresceu escutando Cartola, Nelson Cavaquinho, Manoel Rosa, Djavan, Ney Matogrosso, entre outros. Sua paixão pela música se tornou abrangente e o ecletismo fez surgir uma voz acolhedora, disposta a explorar a diversidade musical, que é a música brasileira. Dessa admiração, surgiram grandes projetos como shows homenageando Vinícius de Moraes, o Rei do Baião Luiz Gonzaga e Elomar. A música, para Luiza Miranda, é doação, ela afirma que gosta de se doar, de doar a sua voz e tem um profundo respeito pelo seu público. Por isso, tanta dedicação em cada apresentação sua. Além disso, cada projeto seu tem um grande valor, é sempre algo em que ela acredita profundamente. “Quando alguém diz que minha música alegrou o seu dia, com isso, eu já ganhei a minha noite. Não é questão de reconhecimento, mas o que esse trabalho está causando nas pessoas.”

A voz que encanta

Luiza Miranda é um exemplo de dedicação à música. Sempre muito preocupada com o resultado do seu trabalho e como isso afetará positivamente a vida das pessoas, ela não mede esforços para fazer das suas apresentações verdadeiros espetáculos. A música, para Luiza Miranda, tem um efeito transformador e não se limita a estilos, seu ecletismo mostra o quanto essa artista é capaz de entender a diversidade musical e de estar sempre aberta para o novo, respeitando os seus precursores. A cantora, que nasceu inserida no meio de grandes músicos, construiu sua carreira sobre os palcos, encantando o público com a sua voz. Desde a sombra do pé de umbu até os grandes teatros, Luiza Miranda está realimentando sempre essa paixão pela música, uma paixão que não se esgota no palco, que é compartilhada com os seus alunos. Ela é uma inspiração para cantores de todos os matizes.

Contatos

Instagram.com/luizamirandacantora

facebook.com/luiza.miranda.98499

Fotos

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vídeo

Outras fontes

https://cidadeverde.com/noticias/178935/luiza-miranda-no-violao-convida-do-feito-em-casa

https://cidadeverde.com/noticias/198448/luiza-miranda-homenageia-vinicius-de-moraes-no-feito-em-casa

http://entrecultura.com.br/2016/06/18/cantigas-de-elomar-na-boca-da-mata/

 

Última atualização: 06/08/2018

Caso queria sugerir alguma edição ou correção, envie e-mail para geleiatotal@gmail.com.

10 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você Pode Gostar
Leia mais

Maria da Inglaterra

Maria Luiza dos Santos Silva, mais conhecida como “Maria da Inglaterra”, nasceu em Luzilândia em 1940. Começou a…
Leia mais

Lais Rosa

Ela é um sucesso nas redes sociais, seus textos ultrapassaram as fronteiras e conquistaram admiradores de todas as…