Salmo do Milênio, Murilo Moreira Veras

Louvado seja o sol

que nos dá luz e calor

e aquece a frigidez

do mundo

— neste novo milênio

Louvado seja a réstea de esperança

que nos faz ainda sonhar

e esquecer as aflições

do dia-a-dia

— neste novo milênio

Não nos abatam a tristeza

e a amargura, a desilusão e o desamor

que nos trespassam o coração

diante de tanta infelicidade

no mundo

—  neste novo milênio

Que não se tornem taça de fel

os sonhos oferecidos,

mas um mar de aventuras

onde buscaremos o caminho certo,

sem nos afogarmos

em perigosos vendavais,

— neste novo milênio

Louvado seja a consciência

que nos forjará

a nova criatura de amanhã,

mais nobre e mais digna,

como deveríamos todos ser

e não somente parecer

— neste novo milênio

Deixemos para trás o rastro

de ódio e incertezas de antanho,

que uma fímbria de luz

os olhos descortinam:

— eis que una nova ordem,

um novo mundo vem nascendo.

Oxalá

saibamos

compreender

e viver,

na cósmica plenitude,

este novo milênio de esperança.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like