A equipe teresinense vencedora da primeira etapa da game Jam plus

Para quem não conhece o Game Jam plus é um evento voltado para o público gamer no qual os participantes são desafiados a desenvolverem jogos e tudo isso para mostrar o potencial desses profissionais, além, é claro, de expor os jogos nacionais.

Nessa Game Jam Plus (GJ+), Teresina foi escolhida para sediar a primeira etapa do evento que durou 48 horas, finalizando no domingo (04 de agosto), quando tinham que concluir a prova. A primeira etapa do evento ocorre simultaneamente em várias cidades do país e a etapa final ocorrerá no Rio de Janeiro reunindo os vencedores da primeira etapa.

Segundo Isaac Augusto, Programador da equipe (NOSY) vencedora, o grande diferencial desse evento para os demais é que além de desenvolver um jogo a equipe deve preparar uma estratégia de marketing para apresentar o jogo. E a sua equipe tinha um design desenvolvido, uma ideia guia que ajudou a manter o foco no trabalho durante os dias da Game Jam, mesmo acometidos pelo estresse e sono.

O programador ainda avalia o evento de maneira positiva, pois a competição manteve um ambiente saudável já que a quantidade pequena de desenvolvedores de jogos no Piauí dirime a rivalidade que há em áreas mais concorridas.

Para Issac, uma das grandes finalidades do grupo é abrir caminhos para o mercado de jogos no estado, mostrando que no Piauí tem mercado para essa área, que é possível investir em jogos e desenvolvimento dessa tecnologia.

Segundo Laylla Lima, responsável pelo plano de negócios, marketing digital e pitch comercial da equipe, um dos pontos importante no evento era tornar o jogo atrativo para o público e mostrar que ele poderia ser comercializado. Dessa forma a equipe planejou uma estratégia bem consistente demonstrando conhecimento a respeito do seu público alvo, além de criar mecanismos de interação com esses usuários.

“O cenário de jogos do Piauí é promissor e tem crescido”, Pedro Ivens.

“O cenário de jogos do Piauí é promissor e tem crescido, mas ainda está no início”, frisa Pedro Ivens, artista de jogos da equipe. Ele completa dizendo que é importante as oportunidades que permitem o intercambio e a troca de conhecimento, pois no cenário local ainda existem poucos profissionais especializados.

E o grande desafio da equipe agora é conseguir patrocínio para levar todos os membros da equipe para a final que acontecerá no Rio de Janeiro. Entre os diversos benefícios do evento, o network criado na Game Jam Plus e a visibilidade dada aos desenvolvedores do Piauí é gigantesca.

Fotos

4 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like