Poesia “Os gatos quando os dias passam”, de Thiago E, declamada por Thiago E

Thiago E declama “Os gatos quando os dias passam”, de Thiago E

Imagens e Edição: Ícaro Uther
Música: Doce Lembrança, de Josué Costa
Apoio: Casa da Cultura de Teresina

OS GATOS QUANDO OS DIAS PASSAM
(Thiago E)

[ segunda ]

A gata
só ama com as unhas
,
o afeto destrói
alguns móveis da sala.

*

[ terça ] haikai às 20h

Noite quente:
um gato deitado
no teto do carro.

*

[ quarta ]

Poemas de pelos
,
a leitura
dura
um pulo!

Gatos são haikais?

*

[ quinta ]

Coração selvagem
,
chega
pisa
pesa
azunha:
felinos ferem para confiar.

*

[ sexta ] às 7h15

Sofá no monturo
,
de bruços
a gata da rua
faz sala pro mundo.

( às 14h )

Das patas
das gatas
surgem agulhas
,
máquina de descostura.

*

[ sábado ] tanka às 17h30

A gata boceja
estirada
no meu colo:
um rabo-de-tesoura
corta o céu da tarde.

*

[ domingo ]

Shhh… felinos dormem
setenta
por cento
do tempo
,
o gato não separa sonho e despertar.

Conheça a Geleia Total: https://linktr.ee/geleiatotal

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas