Filme Piauiense retrata pessoas simples que participaram da Batalha do Jenipapo

O filme piauiense “Terra Querida – O outro lado da Batalha do Jenipapo” terá exibição especial na terça – feira (28), ás 10h, no Cinemas Teresina, antes de rodar o Brasil participando de festivais de cinema. Com a direção de Franklin Pires, o  longa metragem tem um olhar especial para o população piauiense que participou desse momento histórico e sangrento pela independência do Brasil, através dos acontecimentos no casebre da Família Silva, que revela os sacrifícios e a luta de um povo pela liberdade. A exibição especial acontecerá para imprensa e convidados.
De acordo com o diretor Franklin Pires a ideia foi além de destacar a Batalha Cívica mais importante do Piauí, destacar as pessoas simples que tiveram as suas vidas transformadas pela guerra.
“Tudo começa no casebre da família Silva, que vive próximo às margens do riacho Jenipapo, onde ocorreu a guerra, e justamente por tal localização se viu no fogo cruzado entre piauienses e portugueses. Ao contrário do que se pensa, esta família não desejava ir à guerra. Não entendia de verdade seus reais motivos. Ela só queria ficar em paz. Mas a guerra foi trazida à porta de sua casa, batendo de forma violenta e arrebentando com a harmonia que existia ali”, adianta o diretor.
Neste drama, Franklin Pires, retrata através dos seis personagens da família, os dramas da época, os anseios, os sonhos e como uma guerra transformou a realidade dessas pessoas. “ Há toda uma construção em volta de temas pertinentes como o feminismo, o autismo, o casamento por conveniência, a falta de entendimento político, dentre outros, que fazem deste filme de época, não uma aula didática, mas um grande melodrama contemporâneo que ajuda a entender a dimensão de uma guerra para quem é afetado diretamente por ela”, disse o roteirista que também atua como um do personagens dessa família  que vai emocionar com cada personagem e seu desfecho.
O longa metragem nasceu há quatro anos, foi gravado no início do ano de 2022 e conta com apoio do Governo do Estado do Piauí, patrocínio da Equatorial, Armazém Paraíba e Secretaria Estadual de Cultura (Secult) . O elenco principal é formado por
Franklin Pires, Kelly Campelo, Lucas Nunes, Lua de Luz, Joara Nascimento, Marcus Vinicius Tube e Edmar Varão. Direção e roteiro de Franklin Pires; Direção de Fotografia, Eduardo Crispim; Direção de Arte , Lucas Nunes e Rosa Borges.
“Foi intenso. Vivemos o filme, convivemos como personagens em meio a natureza. Foi árduo, tivemos que parar por conta da pandemia, mas estamos entregando um filme capaz de emocionar e  com certeza de nos orgulhar de sermos piauiense” garante Franklin Pires.
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas