Rascunho 4

Você gozava com as letras,
Com o meu pavor de borboletas,
E eu queria usar a sincronia do vento
Para tragar o seu cheiro
Ou me deleitar com o seu talento.
Você se desfazia dos meus versos
Se rebolando e desviando das minhas marras
Nem mil redes segura toda a revoada
Mas basta uma flor
Para atrair a nuvem enamorada.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas