Poesia de Cami Rabêlo

Sou um mix de estampas
Dentro de mim vivem tantos países e culturas
Que sou capaz de criar a minha própria linguagem.
Um dicionário infinito,
25 anos de páginas desordenadas.
O meu alfabeto não tem a ordem comum
Começa na letra C e termina na cor azul
Sou tantas, sou muitas,
Sou uma multidão
Que acena em frente ao espelho e reconhece cada coração.

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas