Os novos representantes de patrimônio material e  audiovisual no Conselho de Cultura de Teresina

Milena Andrade da Rocha

Segunda-feira (31/08) foram eleitos os representantes dos segmentos Audiovisual e Patrimônio Material e Natural do Conselho Municipal de Política Cultural de Teresina (CMPC). Os dois segmentos estavam sem representantes porque não alcançaram o quórum mínimo na eleição geral do Conselho, que aconteceu ainda no final de novembro de 2019.

Jasmine Malta

Jasmine Soares Ribeiro Malta (titular) e Camila de Sousa Ferreira (suplente) foram eleitas para representar o segmento Patrimônio Material e Natural; e Milena Andrade da Rocha (titular) e Luciano Klaus Alves de Sousa Guimarães (suplente) para representar o segmento Audiovisual. E a eleição aconteceu virtualmente através de videoconferência.

Camila de Sousa Ferreira

O Conselho Municipal de Política Cultural de Teresina é um órgão colegiado paritário formado por 09 representantes do poder Público e 09 da sociedade Civil. Com a eleição desses dois segmentos, a sociedade civil completa sua representação e garante a paridade e equilíbrio de representação em relação ao poder público.

“Essa gestão prima pela coletividade e representativa. Agora temos não apenas a paridade que o Conselho estabelece, mas a legitimidade representativa de todos os segmentos. Continuamos nosso trabalho coletivo, engajado e mobilizado. Todos unidos olhando para os mesmos propósitos, em prol de políticas públicas culturais e artísticas em Teresina. Os representantes eleitos já vêm de um processo de mobilização e construção de mandatos coletivos. Isso é muito bonito e potente. Há muito trabalho e esperança no ar”, afirma João Henrique Vieira (presidente do CMPC de Teresina)

Luciano Klaus

O Conselheiro Alex Sampaio presidiu da Comissão Eleitoral, também destaca a força da mobilização e dedicação ao processo. “Foi um dia de muito trabalho e dedicação. Cansativo, mas vitorioso. Tive a honra de conduzir esse processo, que durou quatro horas de trabalho, e foi muito recompensador. Foi muito bom ver a classe mobilizada. Os artistas e demais fazedores de cultura do audiovisual e do patrimônio material estão de parabéns. Agradeço a todes. Hoje é um dia de vitória para a cultura teresinense. Os trabalhos relacionados à construção do Plano Municipal de Cultura poderão ser realizados com a devida representatividade da classe cultural e artística. As eleições concretizaram a democracia e comprovaram a mobilização dos segmentos”, afirmou Alex Sampaio.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode gostar