Piaga, o festival de artes integradas será neste sábado, 27

Saiba quem estará nesse evento que será sem público, em ambiente virtual.

Desde que a produção do Piaga adotou o formato 100% on-line em razão da pandemia do novo coronavírus, todos os esforços foram feitos para que o evento não perdesse em qualidade e emoção.

A primeira decisão foi o local, que deveria ser afastado de modo que não houvesse nenhuma possibilidade de presença do público.

“Sabemos que os artistas tem fãs e amigos que acompanham seus trabalhos mas, precisávamos pensar na saúde das pessoas”, explica  a produtora Alexandra Teodoro.

As gravações dos shows das bandas foram realizadas no início do mês de fevereiro e posteriormente foram adicionadas matérias sobre artes visuais, curta metragem e um vídeo sobre a vila Pagã, que nesta edição também representa a religiosidade.

A cantora e compositora Cami, pela segunda vez no Festival, comenta que a associação da música com a espiritualidade é algo impossível de não perceber. Seu trabalho mais recente, o Reconectar, fala dessa relação. A artista define sua música como Pop Ufológico, reforçando a vertente da espiritualidade e conexão com a natureza.

Pela primeira vez no Piaga estão André de Sousa, Deeplo, Bulldog Jack, Cicy Arcângelo, Bruno Farias, Arloon Cunha, Navilouca e Fryer, que chega lançando seu primeiro trabalho, aliás, surpreendente.

Ousadia em mais de seis horas de programação

Em 2020 não foi possível realizar o evento, por motivos óbvios ocasionados pela pandemia do novo coronavírus, que se estende até os dias de hoje. A edição terá mais de seis horas de duração, entre música e outras linguagens artísticas.

Música no Piaga

A música é a luz que move toda essa ideia. Para esta edição, teremos shows de André de Sousa, considerado o maior expoente do blues no norte -nordeste. Ainda Cicy Arcângelo, teresinense, com seu rock, pop, mpb. O músico Arloon Cunha vem da cidade de Floriano. De Piripiri vem a banda Navilouca. Ainda estão no Piaga 2021, Deeplo, Cami Rabêlo, Bulldog Jack, Bruno Farias, Fronteiras Blues, Neanderthais Band, Kandover. O Músico e artista visual Fryer escolheu o Piaga para fazer o lançamento de seu trabalho musical.

Artes integradas

O Piaga vai contar com curtas-metragens da Framme, André Leão, Javé Montuchô. São trabalhos renomados que participaram em festivais de concorrência e agora podem ser liberados para o público. Na proposta de promover a integração das artes, vamos ter vídeos especiais. E artes visuais através da parceria com a galeria Montmartre.

Vale ressaltar que nenhum momento do Piaga 2021 terá a presença física do público. A edição poderá ser vista dia 27 de fevereiro, a partir das 17 horas, no canal do evento youtube/festivalpiaga

A programação é a seguinte:

17h – ABERTURA

ARTISTA: CAMI RABÊLO

ARTISTA: CICY ARCÂNGELO

ARTES VISUAIS (GALERIA MONTMARTRE)

ARTISTA: ARLOON CUNHA (DE FLORIANO)

ARTISTA: ANDRÉ DE SOUSA

CURTA METRAGEM AMÉLIA (COLETIVO CINE NUCLEAR)

CURTA METRAGEM BIA (COLETIVO CINE NUCLEAR)

ARTISTA: DEEPLO

CURTA METRAGEM DEIXA A CHUVA CAIR (FRAMME)

ARTISTA: NAVILOUCA

VIDEO VILA PAGÃ

ARTISTA: BRUNO FARIAS

CURTA METRAGEM RIO RISO DESAFIO (JAVÉ MONTUCHÔ)

ARTISTA: BULLDOG JACK

ARTISTA: FRONTEIRAS BLUES

ARTE E ACESSIBILIDADE COM ALEX ALLEN

ARTISTA: NEANDERTHAIS BAND

ARTISTA: FRYER

ARTISTA: KANDOVER

____________________________

Fonte: Alexandra Teodoro

Para saber mais acompanhe as redes sociais:

Instagram: @piaga_festival

Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=bCemTLxqC1k&ab_channel=FESTIVALPIAGA

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas