Cantiga para Teresina, por Carvalho Neto

me abraças e tremes
como pássaro ferido
e balouças
ramagem ao mais leve vento.
ouço teu coração
ou será o meu?
com passos naturais e definitivos,
vejo-te vagar em campos florescentes
na primavera de um cartão-postal
que nunca recebi.
ofereço a ti
a canção solitária
e solidária
dos que não sabem cantar
só sentir
só lutar.

 

Em comemoração do mês de aniversário da capital piauiense resolvemos mostrar alguns lugares de Teresina no olhar de alguns dos nossos fotógrafos e poetas.

Hoje vocês apreciarão a foto de Caio Negreiros e a poesia de Carvalho Neto.

Nos conte sobre os lugares que você mais gosta em Teresina.

Fonte da poesia: Teresina: um olhar poético

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas