Prêmio Funarte festivais de música 2022

Foto de uma mulher cantando. Em um fundo feito por um pano preto, uma mulher canta ao microfone. Ela está sentada, é negra, tem o cabelo cacheado e volumoso. Ela veste uma camisa preta de manga longa, uma calça da cor vinho e um cachecol com estampa marrom e amarela. Na parte de baixo da imagem, há uma faixa com várias cores: marrom, laranja, verde, roxo, rosa, azul, onde está escrito Fundação Nacional de Artes, Funarte.

Revisão: Joana Tainá

A Fundação Nacional de Artes abriu no dia 11 de maio de 2022 as inscrições para Prêmio Funarte Festivais de Música 2022. O concurso premiará 15 festivais de música de reconhecida relevância no Brasil. Cada projeto contemplado receberá R$ 75 mil.

É obrigatório que o festival de música concorrente já tenha sido realizado, ao menos, três vezes no território nacional, a comprovação das três edições anteriores será exigida.

O edital considera Festival de música como um evento musical que vai além da apresentação de uma série de shows “também podendo compreender ‘showcases’, palestras, debates, oficinas, ‘master classes’, rodadas de negócios e outras atividades realizadas exclusivamente para a divulgação da música e/ou dos músicos brasileiros, o aperfeiçoamento dos profissionais da música e o desenvolvimento do setor musical”.

 Quem pode se inscrever?

As inscrições são gratuitas e vão até o dia 24/06/2022 às 17h59min (horário de Brasília). Elas se darão exclusivamente pela internet (aqui), por meio do preenchimento e envio do formulário de inscrição.

Podem participar do concurso, como proponentes, apenas as pessoas jurídicas privadas de natureza cultural, com ou sem fins lucrativos, que comprovem a condição de realizadoras, produtoras ou coprodutoras das três últimas edições do festival de música concorrente. Não serão aceitas inscrições realizadas por microempreendedor individual (MEI) e por pessoas físicas.

Quais os critérios de avaliação?

  • qualificação da programação musical (trajetória e relevância artística das atrações; reconhecimento de crítica e público);
  • relevância socioeconômica (público alcançado, impacto na economia local, postos de trabalho gerados, trabalho social desenvolvido etc.);
  • relevância para o campo da música (contribuição para o desenvolvimento de linguagens, de territórios e cenas musicais, de formação de público; lançamento de artistas, estreias etc.);
  • estímulo à circulação de artistas brasileiros no território nacional – existência de atrações provenientes de diferentes regiões do país;
  • existência de atividades de capacitação e/ou estímulo à reflexão (cursos, oficinas, master classes, palestras, debates etc.);
  • democratização do acesso – realização de atividades a preços populares ou gratuitas ao público em geral ou aos profissionais do setor musical, estudantes ou outros públicos específicos;
  • relevância do objeto (pertinência e alcance das atividades previstas);
  • relação entre os custos do projeto e os benefícios para o festival e sua comunidade (bom emprego dos recursos do prêmio tendo em vista os resultados esperados).

Todas essas informações você pode conferir no edital (aqui).

Conheça outros concursos relacionados à cultura que ainda estão abertos (clicando aqui).

Quer Sugerir pautas para a Geleia Total? Manda a sua sugestão para: redacao.geleiatotal@gmail.com

Total
28
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas