Começa mais uma etapa do Festival Palco Giratório, agora em formato digital

Começou mais uma etapa do Festival Palco Giratório, que promete movimentar o cenário das artes inserindo, neste ano, o formato digital. Toda a programação é de espetáculos e experiências artísticas que abraçaram os meios digitais como instrumentos e suportes criativos para a manutenção da produção cênica brasileira no período da pandemia de Covid-19.
Reconhecido como um dos principais projetos para circulação das artes cênicas no país, nesta etapa você vai conferir:
– Abian (BA)
– Homens Pink (SC)
– Estudos de Aproximação (DF)
Além de poder participar do Laboratório de Produção de Textos e Podcasts fornecido pelo Coletivo Quarta Parede. E o melhor: tudo sem custo algum.
Arrasta pro lado e veja como assistir aos espetáculos e participar da oficina de produção de texto.

A programação completa você confere em link abaixo:

Programação completa do Palco Giratório

 

– Abian (BA) 6/6_16h

Roda de conversa sobre o espetáculo, disponível em: youtube.com/sescbrasil

7 a 9/6 e 14 a 16/6_20h

Apresentações do espetáculo, disponíveis em:

Web espetáculo em 360º produzido pelo estúdio criativo e selo musical Gana. o projeto discute o elo entre o sagrado, o profano e a ancestralidade viva através de uma epopeia decolonial, em busca da tradução imagética e sonora da conexão que existe entre o òrun (o mundo espiritual) e o àiyé (o mundo físico).

– Homens Pink (SC) 27/6_16h

Roda de conversa sobre o espetáculo, disponível em: youtube.com/sescbrasil

28 a 30/6 e 5 a 7/7_20h

Apresentações do espetáculo, disponíveis em: youtube.com/sescbrasil

Performance documental solo de Renato Turnes. parte dos relatos de homens gays idosos a fim de atualizar memórias de resistência e celebrar a experiência de sobreviventes.

– Estudos de Aproximação (DF) 18/7_16h

Roda de conversa sobre o espetáculo, disponível em: youtube.com/sescbrasil

19 a 21/7 e 26 a 28/7_20h

Apresentações pela plataforma zoom. retirada de ingresso antecipada em: www.sesc.com.br/palcogiratorio

O espetáculo traz à luz questões sobre o distanciamento imposto pela pandemia, provocando reflexões. as aproximações que se fazem necessárias, os desafios e adaptações aos meios tecnológicos e digitais, bem como a bolha social criada como forma de sobreviver ao flagelo atual, são algumas dessas indagações. o coletivo circense instrumento de ver se lança em novos experimentos virtuais acompanhado de vidros, fios e tecnologias, como mandinga, na intenção de trazer o público mais para perto.

Workshop

13, 20 e 27/6

4, 11, 18, 25 e 30/7

Realização pela plataforma zoom. inscrições antecipadas em: www.sesc.com.br/palcogiratorio

Workshop on-line e gratuito com foco em leitura, interpretação e análise crítica dos espetáculos da programação do palco giratório 2022, que terá como resultado a produção de conteúdo para internet nos formatos de texto e áudio. O workshop será composto por dois módulos, com carga horária de 9h cada um, ministrados por integrantes da equipe do Quarta Parede (Pe).

No primeiro módulo (texto), os participantes terão contato com diversas concepções de crítica teatral, com foco nas práticas críticas contemporâneas, perpassando os territórios das representatividades de etnia, gênero e sexualidade. ao longo dos encontros, os participantes serão estimulados a produzir exercícios críticos textuais sobre os espetáculos da programação do palco giratório 2022.

No segundo módulo (podcast), serão apresentados os principais formatos de podcasts (entrevista, debate, storytelling etc.) e as etapas de produção sonora (roteiro, planejamento de produção, gravação e edição). Os participantes reformularão os textos críticos, produzidos no primeiro módulo, adaptando-os para podcast. Esse trabalho será realizado a partir da escrita de roteiro, gravação e edição, com a possibilidade de utilizar depoimentos dos integrantes dos espetáculos.

Ao final dos módulos, teremos um encontro de avaliação sobre os exercícios de produção crítica na oficina, com carga horária de 2h. O evento abordará a produção de pensamento sobre os espetáculos e os desafios e métodos da transcriação dos textos para o formato de podcast.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas