Shakespeareanismos, Abraão Vasconcelos

Romeu e Romeu
Sem Montéquio ou Capuleto
Brigando consigo mesmos
Contra o amor ou coisa assim.
 
Romeu forte, Romeu fraco
Corajoso ou covarde?
O ousado e o cauteloso
Cauteloso até demais…
 
Se permita, oh! Romeu
A viver o que te é proposto!
Experimente! Ouse mais!
Não me mates de desgosto.
 
Te ofereço a vida inteira
Minha vida, meu amor.
Vou contigo, dou-te um filho.
“Minha Vida”, meu amor!
 
Alguns versos desconexos
Brisa, mar e a gente junto
Fostes meu e eu, todo teu.
Ainda sou! É só querer.
 
Me permita conquistar-te
Cada dia um pouco mais
Não te prendas ao passado
Faz-te forte! És capaz.
 
Só preciso de um “sim,
esta chance eu te dou!”
Pra mostrar-te que disposto
Lutarei por teu amor.
 
Cá estou, sofrendo, aflito
Desejando um beijo teu
Só espero que retornes.
Com amor: o teu Romeu!
Abraão Vasconcelos

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like
Leia mais

Receita de Bomba

A bomba é um salgado tipicamente teresinense. Ele surgiu quando a dona Marlene Ferreira, sua criadora, resolveu empanar e…
Leia mais

Receita de Cajuína

Cajuína é uma bebida não alcoólica, feita do suco clarificado e cozido do caju. A clarificação se dava…