Diáspora, de José Galas

Aqueles aos quais me apeguei

estão distantes agora

Uns morreram por terra

outros correram por fora

De sorte que nada resta

afora gibão e espora

Eu mesmo me plantei aqui

entre o mar, o sertão e a espera.

Se perguntares a quem combato

Digo-te: a mim mesmo

                        bicho do mato.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas