O empoderamento da “não se pode “, por Valéria Mesquita

Arte: Alana Santos

Era firme e forte.
sem regras ,sem companhia, sem conduta.
encantava os homens feito poder de medusa .

Tem a sensualidade no olhar
Vestido branco á noite ,faz admirar
A intensa maneira de prazer
A intensa vontade de fumar.

O prazer com uma mistura de maldade
“Não se pode ”
Não se pode ”
Ela dizia com autoridade.

A falta de coragem dos homens, queimava seu corpo de tanto prazer.
O orgasmo maléfico, aconteciam depois de sentir o querer.

O querer deles, de poder toca-la
mas depois do encantamento e admiração.
A voz da sonhada donzela, era de assombração
.
Arte de Alana Santos
Texto de Valéria Mesquita

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas