Filme piauiense “A Irmandade” estreia na GloboNews neste domingo

Neste domingo (dia 24/01) às 23h o filme “A Irmandade” estreará na GloboNews. O longa foi dirigido por Juscelino Ribeiro e produzido por Alexandre Mello, da Framme Produções. O filme foi produzido pela @frammeproducoes com coprodução @globonews e @globofilmes. O filme mostra os conflitos violentos vivenciados pela população das periferias de Teresina.

O filme se passa na região do grande Promorar, zona Sul de Teresina, que enfrenta uma crise de violência há muitas décadas, motivada por diversos fatores com destaque para os conflitos entre as gangues. O ápice dessa crise aconteceu entre 2014 e 2015, impactando com seus números o Atlas da Violência, produzido pela Fórum Nacional de Segurança Pública, colocando Teresina entre as capitais mais violentas do Brasil durante esse período. As duas gangues mais truculentas trabalhavam de maneira territorial nas Vilas São José e Santa Cruz. Cruzar a fronteira de um lado para o outro poderia significar risco de vida.

O documentário A Irmandade discorre sobre inúmeras violências, também vai falar sobre aqueles  que nasceram  dessa vizinhança, imersos nesse contexto: Lu de Santa Cruz, Cleonilton Aliado e Preto Kedé. Eles criaram o grupo A Irmandade para acabar com os conflitos por meio da conscientização dos jovens.

“O cemitério é um depósito de sonhos. Sonhos que seu pai e sua mãe tinham por você e que foram malogrados.” (Robson Guerra, pai de Phillip Guerra, entrevistado em A Irmandade)

 

Juscelino Ribeiro – Foto José Ailson (Um Zé)

Sobre o diretor

Juscelino Ribeiro é formado pela Universidade Federal do Piauí, mas acabou seguindo um outro caminho, pois engatou no trabalho com Marketing Digital, explorando e se encontrando no universo do cinema. Nesse processo de descoberta artística e profissional Juscelino assumiu o ofício de redator de projetos, diretor e roteirista audiovisual. Seu primeiro curta-metragem, “Deixa a chuva cair” rendeu não só prestígio como diversos prêmios.

 

Deixa a chuva cair

Documentário “Deixa a chuva cair”

O diretor, Juscelino Ribeiro, já tinha dirigido o documentário “Deixa a chuva cair” que reflete sobre a realidade do bairro Santo Antônio, Promorar, localizado na zona Sul de Teresina. Desmistifica alguns estereótipos enquanto nos faz olhar para os personagens sem julgamentos. “O projeto foi escolhido como primeiro colocado na região nordeste no prêmio Jovem.Doc, que financiou o desenvolvimento e produção do curta em 2015”. A história foca nos músicos Preto Kedé, Lu de Santa Cruz e Aliado que compõem a banda “A Irmandade” que juntos “tentam combater os conflitos entre as gangues da região”. Juscelino tenta nesse trabalho desnudar realidades ignoradas, invisibilizadas, tornando possível se aproximar de realidades como as vivenciadas no documentário. O documentário já trouxe para o roteirista e diretor o prêmio de 2º Melhor Curta-Metragem Documentário Estrangeiro no The International Indie Gathering (EUA), “Melhor Curta” na mostra Nordeste do Sercine, ; ‘Melhor Filme’ e ‘Melhor Filme por Júri Popular’ (curta documentário), no Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões; e ainda foi aprovado para o circuito SESC Amazônia das Artes e percorrerá dez estados em 2017, ‘Melhor Roteiro’ (curta documentário) no Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões, sem contar que o filme participou do Festival de Cannes, na França , em 2016.

Total
4
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas