A Tal da Omelete Recheada

Se tem uma coisa que todo mundo gosta é de comer. Comida é tão importante que, certas vezes, ela te transporta para momentos vividos no passada, ou te faz lembrar dos sonhos futuros a serem alcançados.

Eu, Lorena, tenho bastante história vivida ao redor de um bom prato de comida e hoje quero compartilhar um dos pratos afetivos da minha história.

Ao menos uma vez na semana, minha avó, Maria de Jesus, compra azeite de coco babaçu e agracia seus netos, com uma iguaria maravilhosa chamada: Omelete Recheado no azeite de coco babaçu.

Se você não conhece, faz um favor de conferir a receita:

Omelete Recheada

Rendimento: 6 omeletes

Dificuldade: fácil

Ingredientes:

  • 500g carne moída
  • 4 ovos
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1 xic de cheiro verde
  • Azeite de coco
  • Sal e pimenta a gosto

 

Modo de Preparo:

  1. Fritar a carne moída junto com o alho e a cebola. Após, finalizada a fritura, acrescentar o cheiro verde picadinho e misturar. Reserve.

Dica: Não acrescentar o sal na carne até o começo do cozimento, pois a carne soltará muita água e não renderá. Coloque o sal, apenas quando começar a secar o líquido solto pela carne.

  1. Na tigela da batedeira, quebrar os ovos e acrescentar 1 pitada de sal

Dica: eu sempre coloco ervas secas para ele ver o sabor. Uso: orégano, sálvia, tomilho ou manjericão e acrescento 3 pitadas de páprica picante defumada. Se você  não  tiver uma batedeira, liquidificador, processador, batedor de ovos ou um garfo. Não invente desculpas pra não fazer.

  1. Em uma frigideira quente em fogo baixo, coloque um fio do azeite de coco.
  2. Na batedeira, bater os ovos até virar uma espuma cremosa.
  3. Acrescentar cerca de 3 colheres de sopa da mistura dos ovos na frigideira quente. Após, 1 min acrescentar 1 colher de sopa da carne moída frita e com o auxílio de uma colher ou espátula, fechar a omelete (como um pastel).
  4. Deixar fritar cerca de 3 min cada lado.

Dica: servir com arroz branco, feijão com aquele caldo cremoso e uma salada verde temperada com algumas gotinhas de limão.

Essa receita é tão antiga que nem lembro da primeira vez que a comi, mas sempre que a faço, sinto o conforto do colo da minha avó e sou transportada a 1995, uma segunda-feira de prova de matemática que eu saia cedo pra ir pra casa assistir Sailor Moon. Espero que vocês aproveitem e provém essa belezinha de comida.

 

“ Vóvis, te amo! A Sra poderia fazer omelete pra mim hoje? Tô com fome de omelete.”

Lorena Gonzaga com 12 anos.

 

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas