TRATO, por Rosseane Ribeiro

Pode trazer aqui o teu corpo cansado, que eu deixo ele suado
Você esquece um pouco os problemas que tem passado

Se não der agora, me avisa a hora
Que perco mais tempo ficando linda pra ti 

Eu sei que não temos uma bússola, então me diga a parte que te assola
Ou pega minha mão e diga: é por aqui
Que eu me demoro na parte que você mais gosta

Que eu me ajeito, te pego de jeito, numa noite sem fim

Venha, eu não sou assim tão má, posso ir devagar, para não te afogar, nessas águas de mim
Não precisa ter medo que eu já sei de alguns segredos que escondes sim

E prometo não te dedurar pra ninguém 
Porque nada restará para contar, apesar
Só um pouco de nós apertados
Num lençol bagunçado e sujo da gente

Sobre a autora

Rosseane Ribeiro Lima é autora de “Tudo o que eu queria te dizer”, com duas edições. Uma obra que revela crônicas e poemas minimalistas em descrição e sentimentalismo exacerbado com uma linguagem leve e dúbia. Formada em Letras pela Universidade Federal do Piauí – UFPI.

Total
15
Shares
1 comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas