Campanha de Financiamento Coletivo da HQ Cenouras Malditas de Luís Celso

Capa da HQ Cenouras Malditas de Luís Celso. A capa é desenhada e predomina a cor vermelha, há dois homens na frente de um demônio que é o que mais se destaca na ilustração. Ao fundo há uma montagem com quadros das páginas da HQ em preto e branco.

A editora Quinta Capa iniciou uma campanha de financiamento coletivo na plataforma do Catarse para publicar no formato físico a HQ Cenouras Malditas, uma coletânea de seis histórias genuinamente piauienses com cerca de 52 páginas de Luís Celso.

Você pode apoiar o projeto até o dia 20 de fevereiro de 2022, é só acessar o link da campanha no Catarse (aqui).

Luís Celso tem como temas principais em suas obras o terror e a ficção científica. Ele é um artista autodidata que trabalha como mototaxista na praça do bairro Esplanada, zona Sul de Teresina (PI) – “Na verdade sou desenhista, e nas horas de folga, mototaxista”, como conta no texto da campanha de financiamento. Ele desenha as páginas de suas histórias enquanto espera as corridas, já contando com várias guardadas só à espera de publicação.

“Cenouras Madiltas” é uma (história) curtinha, apenas 6 páginas, sobre Seu Onofre, que ocupava-se criando suas cenouras no plantio em frente de casa, acompanhado de sua cachorrinha Joli. Mas não é que dois mal-elementos planejaram roubar a safra que daria o sustento do Seu Onofre e, ainda por cima, mataram a coitada da cachorra no processo! O que um cidadão de bem poderia fazer? Um pacto com o diabo para se vingar, CLARO!

Esta será a primeira publicação de Luís Celso e a ideia da campanha é incentivá-lo ainda mais a continuar produzindo, por isso, uma boa porcentagem do valor arrecadado e da tiragem será repassada direto para ele.

Os apoios com recompensas vão de R$ 22,00, com o qual você já recebe um exemplar de Cenouras Malditas, e vai até R$ 40,00, R$ 50,00 que são os combos com outras obras como o Máscara de Ferro, Foices e Facões, Tirinhas do Jota A, a HQ do Cabeça de Cuia, Cantinho do Caiô etc. Também é possível contribuir com valores menores só para apoiar o projeto e o cenário de quadrinhos do Piauí.

Luis é dono de um traço popular, de massa, de grande alcance, simples, mas com uma técnica forte de hachura. Não é um desenho acadêmico, no sentido de que Luis Celso é um autodidata e faz quadrinhos apenas pare se divertir, meio como hobby, meio como terapia. Uma das suas pérolas chama-se: “Cenouras Malditas”. Reparem no título! Isso é ou não o melhor do trash que um quadrinho pode oferecer logo de cara?

Total
2
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas